Esgotado

Xadrez Cósmico

17,00 

Autor: A. E. van Vogt
Editora: Livros do Brasil
Ano de edição: –
Nº de páginas: 240
Idioma: Português
Coleção: Argonauta nº 31
Especificações: –
Livro de Bolso: sim
Encadernação: capa mole
Estado: 5/5

Esgotado

Descrição

Xadrez Cósmico

O não-aristotelismo era então não já uma filosofia, mas uma política. A Máquina escolhia, sem se enganar, aqueles que haviam de governar, no dia em que se realizavam os Grandes Jogos. Gilbert Grosseyn dirigiu-se também à cidade, para participar, como todos os cidadãos, no Jogo da Máquina. Mas não o pôde fazer; ele não era Gilbert Grosseyn, segundo o detector de mentiras afirmava. Nesse caso, quem era ele? Todas as suas recordações estavam certas e condiziam com a vida de um tal Gilbert Grosseyn que diziam não existir. Expulso de toda a parte, por suspeito, Gilbert viu-se envolvido na própria política da conquista do poder. Temido, sem saber porquê, foi perseguido e abatido como um cão raivoso. Por que razão não morreu? Em vez disso, encontrou-se em Vénuns, possuidor do mesmo corpo que tivera, sem sinal do ataque sofrido. A luta desencadeou-se e Gilbert, sempre ignorando a verdade a seu respeito, nela teve de intervir pela própria contingência da sua ignorância. O poder do homem e o poder da máquina estavam em choque; Gilbert sabia-o. Mas por que fora ele o escolhido para intervir na luta, ele que nem sequer sabia o seu verdadeiro nome?
Segunda vez abatido, segunda vez se encontrou em Vénuns. Era a imortalidade, dádiva recebida de lugar ignoto, que nada lhe explicava, nem mesmo o facto de a possuir.
Mas os homens queriam recuperar o seu poder perdido, e um ditador apareceu mais uma vez. A Máquina, atarracada na sua própria infabilidade, distorceu a verdade, falseando as suas próprias ordens. Assim, o equilíbrio perfeito dado pela escolha infalível que da máquina surgia, foi alterado para uma situação instável onde Gilbert, sempre tentando conhecer a própria origem, era o peão de um jogo jogado para além do entendimento. Mas a sua curiosidade, a sua ânsia de conhecer a própria existência, iria ter a sua recompensa…
…e, quando tudo já parecia perdido, quando a própria Máquina pediu auxílio a um homem que tudo ignorava, Gilbert encontrou enfim, para logo o perder, o Jogador de Xadrez Cósmico, o possuidor do segredo da imortalidade e do segredo da própria existência de Grosseyn, aquele que, através da distância, conhecera os segredos do Universo e do Tempo…

Contacte-nos aqui
Siga-nos: Facebook / Instagram