Os Cães da Guerra

6,00 

Autor: Frederick Forsyth
Editora: Livros do Brasil
Ano de edição: –
Nº de páginas: 440
Idioma: Português
Coleção: Colecção Dois Mundos nº 122
Especificações: Assinatura de posse.
Livro de Bolso: não
Encadernação: capa mole
Estado: 3/5



Método de Pagamento Método de Pagamento Método de Pagamento Método de Pagamento

Descrição

Os Cães da Guerra

O mundo dos mercenários, que tanto fascinou Frederick Forsyth desde que teve de acompanhar, como repórter, a tragédia do Biafra, constitui o pano de fundo deste romance, um dos mais célebres da sua obra de ficcionista.
Aqui se retrata, de forma impiedosa, o universo sinistro que solidariza numa teia de interesses pouco claros as grandes figuras da alta finança, da banca internacional e do clube restritíssimo e secreto do comércio das armas. As maquinações de um Sir James Manson, dirigente de uma poderosa organização mineira, têm com efeito como objectivo derrubar o governo de uma longínqua república africana e eliminar o ditador que a ele preside. Os motivos de Manson, porém, nada têm de altruístas, e pouco a pouco despertam mesmo a atenção das grandes potências.
Enquanto Shannon, o líder mercenário arregimentado por Manson, se ocupa de reunir os seus homens, alguns jornais descobrem e denunciam os propósitos do que está em curso. Forsyth arrasta então o leitor por uma ronda alucinante através de algumas das grandes cidades europeias: de Paris a Ostende, na esteira dos locais onde se recrutam os mercenários; de Berna a Bruges, onde estão sedeadas as grandes agências internacionais; e finalmente da Alemanha à Itália, ou da Espanha à Jugoslávia, onde se adquirem as armas e se organizam os grandes transportes de tropas e de material.
Cada página de Os Cães da Guerra é uma autêntica aventura, que se lê com uma emoção e uma ansiedade sempre crescentes. Mas o seu desfecho irónico oferece a este romance uma dimensão totalmente inesperada.

Contacte-nos aqui
Siga-nos: Facebook / Instagram