25 de Abril – Liberdade e Esperança

9,00 

Autor: Augusto Vieira
Editora: Editorial Vouga
Ano de edição: 1974
Nº de páginas: 125
Idioma: Português
Coleção: –
Especificações: –
Livro de Bolso: sim
Encadernação: capa mole
Estado: 3/5



Método de Pagamento Método de Pagamento Método de Pagamento Método de Pagamento

Descrição

25 de Abril – Liberdade e Esperança

O mais importante neste pequeno livro de 125 págs. , reside no facto de ter sido editado logo após um
mês do 25 de Abril! ’25 DE ABRIL LIBERDADE E ESPERANÇA’, é uma coletânea de textos que traduzem a vivência do momento histórico que galvanizou o povo português. É atual e ´talvez sirva` para desentorpecer o espírito dos que vierem a lêlo; por outro lado, a apresentação dos programas de alguns dos mais discutidos partidos políticos, numa mesma publicação em livro, acrescida do sabor, ignorado nestas paragens , da discordância aberta com as mais proeminentes figuras do momento nacional, dá, a singularidade de fenómeno, para a maioria de ´nós` , a este 25 de Abril Liberdade e Esperança, que viria a lume com o título de 25 de Abril apenas, caso, e já composto, não o tivesse precedido a publicação de outro trabalho da autoria de cinco jornalistas.
Quem poderia, decididamente, pensar, meses atrás dias antes do 25 de Abril de 1974, será melhor dizer, que um programa democrático, outro socialista, um outro comunista, etc. , viriam emparceirar, à luz do sol lado a lado, com as declarações de altas patentes da Forças Armadas?
Nem no silêncio da noite o cidadão comum poderia aventurar-se a prever que um livro deste género viria a estar exposto, amanhã, logo, agora, nas montras das livrarias. E é claro que muitos cidadãos viviam alheios à problemática do tempo presente, mal nos dando conta de que mesmo a dois passos, para lá dos Pirenéus, as ideologias, esquerda, centro, direita, mais as múltiplas intermédias, coexistiam, sem grandes dificuldades. E é claro que, quando chegava, tudo isto chegava ao nosso conhecimento como uma avalanche de neve em plenos Himalaias; era um assunto sobre o qual se refletia ou se discreteava sem a necessária concentração interior.
O Autor e a Editora, fazem votos de que nesta terra, agora realmente livre, vários trabalhos aparecerão sobre o 25 de Abril e que todos eles sejam, se mais não forem, uma espécie de treino, exercício de aquecimento para outra obras de tomo.

Contacte-nos aqui
Siga-nos: Facebook / Instagram